Últimos artigos

Natureza2

A Natureza é o limite!

No céu alto paira um condorMais abaixo esvoaça um açorAlto planam rubros coraçõesNas alturas de felizes ocasiões Sentir feliz a pairar alto o AmorResulta de haver recíproco calorArdente das salutares relaçõesMantidas por amorosas uniões Fácil é fazer...

Wilfred Owen

O mais elevado amor

Os lábios cor de fogo não são assim tão rubroscomo as pedras banhadas por ingleses já (part)idos.A atração do amado e sua amanteao inocente amor deles nula se afigura.Amor, perdem encanto teus olhos,se os apanho, contrário aos meus, deslumbrados!Nunc...

Conjurados

O poema que novos e velhos declamavam ao clarear do dia 1.º de Dezembro.

Salvé o 1.º de Dezembro de 1640!Eu gosto de recordarO dia que ao despontarJá vi livre a Pátria minha.Esta Pátria tão ditosa, tão linda e 'valerosa'Das outras Pátrias, Rainha!Portugueses, celebremosO Dia da RestauraçãoEm que valentes guerreirosNos der...

Mais artigos desta secção

Os Loucos.

Há vários tipos de louco.   O hitleriano, que barafusta. O solícito, que dirige o trânsito. O maníaco fala-só.   O idiota que se baba, explicad...

Esperança

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano Vive uma louca chamada Esperança E ela pensa que quando todas as sirenes Todas as buzinas Todos os re...

O MEU PRESÉPIO

Primeiro dia de dezembrocom um cheirinho a Natalpuxou a manter a tradiçãocom um presépio simplesfeito por mim bem artesanalas coisas que eu me lembro!...

FUTURO

Daqui a uns tempos?Mas que serei eu daqui a uns tempos?E de que tempos falamos?Um dia, alguns meses, vários anos?Que vórtices irão acontecer dentro de...